Felicidade

Atualizado: 1 de mar.

Parafraseando aquilo que se tornou sinônimo bem humorado e investigativo daquilo que se pretende saber:

“O que é? Onde vive? De que se alimenta?”

Em uma linguagem nada formal, baseada em achismos subjetivos e empíricos, eis as respostas:

A felicidade é a média da soma de todos os momentos bons e ruins,

bem administrados emocionalmente!

Vive no estômago do cérebro do peito do sujeito! Rs

Se alimenta daquilo que é vivenciado com alegria e esperança!

Milla Modesto


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Uma inquietação, A inquietação... A questão central, Quem sou? Sou o que penso que ser? Sou o que faço... Se o que faço não é o que desejo ser, Então quem sou? Sou aquilo que me torno, quando não faço

Tudo bem não estar bem, Momentos ruins são passageiros... Não precisa negar, Se enganar... Tudo bem não estar bem... Não estar bem não precisa ser estado permanente! Você vai deixar que seja? Ei...

Sou um corpo habitado por intensos sentimentos, Hora são eles confusos, Hora são eles tão convictos, Em um mesmo ser, outros seres... Milla Modesto